sexta-feira, 23 de maio de 2014

Escriturário Banco do Brasil 2014 - GABARITO COMENTADO


1 ( Prova: CESGRANRIO - 2014 - Banco do Brasil - Escriturário )


A afirmativa “É febre” (l 1), com que é iniciado o texto, indica que há, no momento, na sociedade um(a)
a) comportamento que afeta todas as pessoas
b) doença para a qual não existe remédio
c) desejo que se espalha entre pessoas.
d) infecção que se dissemina
e) praga a ser evitada.
A palavra febre, no texto, está empregado em seu sentido conotativo (figurado).
 2 - ( Prova: CESGRANRIO - 2014 - Banco do Brasil - Escriturário  )
O trecho que indica a crítica da autora sobre as listas das “100 coisas” é:
a) “Eu, que não apostei na Mega-Sena, por enquanto sigo com a minha lista de cem coisas a evitar antes de morrer.” (l 36-38)
b) “O prêmio está acumulado em cinquenta milhões de reais.” (l25-26)
c) “Livros listando as cem coisas que você deve fazer antes de morrer” (l 1-2)
d) “Primeiramente, me espanta o fato de todos terem a certeza absoluta de que você vai morrer.” ( l 4-6
e) “Hoje é dia de mais um sorteio da Mega-Sena.” (l 24)
Esse é o argumento que justifica a ideia da autora de que é difícil realizar as cem coisas que os livros mencionam.
 3 - ( Prova: CESGRANRIO - 2014 - Banco do Brasil - Escriturário)
A expressão “a gente precisa porque precisa fazer” (l. 13) quer dizer que é preciso fazer algo, pois
a) temos a obrigação, mas podemos não a aceitar.
b) temos de realizar algo a qualquer preço.
c) devemos fazer mas podemos optar por não fazer.
d) podemos não querer cumprir a ordem
e) queremos realizar a tarefa, pois a desejamos.
Expressão coloquial que enfatiza a necessidade de fazer algo, sem opção de desistir.
 4 - ( Prova: CESGRANRIO - 2014 - Banco do Brasil - Escriturário  )
A substituição do termo destacado pelo pronome oblíquo adequado está de acordo com a norma-padrão em:
a) “Arranje uma dessas listas” (l 32-33) – Arranje-lhes
b) “fica aqui um convite” (l 31-32) – fica-o aqui
c) “listando as cem coisas” (l 1) – Listando-as
d) “Eu prefiro encarar a morte” (l 6-7) – Encarar-lhe
e) “Falta muito ainda” (l15) – Falta-o ainda
a) ERRADO. Arranje-as; o “lhe” sempre será objeto indireto e, junto do verbo “arranjar”, indicaria pessoa. Exemplo:  Arranje às pessoas uma dessas listas. Arranje-lhes uma dessas listas.
b) ERRADO. “Um convite” é sujeito. Um convite fica aqui para sonhar com mais criatividade.
c) CORRETO. “O,a,os,as” sempre serão objetos diretos. Listando o quê? As cem coisas. Listando-as.
d) ERRADO.        Ver explicação a e c.
e) ERRADO. “Muito” é um advérbio; não pode ser substituído por pronomes oblíquos.
 5 - ( Prova: CESGRANRIO - 2014 - Banco do Brasil - Escriturário  )
No fragmento “fazer um safári, frequentar uma praia de nudismo, comer algo exótico (um baiacu venenoso, por exemplo), visitar um vulcão ativo” (l 16-18), são palavras de classes gramaticais diferentes
a) “praia” e “ativo”  Substantivo e adjetivo
b) “venenoso” e “exótico" Adjetivos
c) “baiacu” e “nudismo” Substantivos
d) “ativo” e “exótico" Adjetivos
e) “safári” e “vulcão” Substantivos

6 - ( Prova: CESGRANRIO - 2014 - Banco do Brasil - Escriturário )
O emprego do verbo obter está adequado à norma-padrão apenas em:
a) Com as apostas, obtém-se recursos para diversas pesquisas científicas.
b) Quando o pessoal obtiverem êxito, o grupo que faz aposta coletiva vai viajar pelo mundo.
c) Caso obtenham êxito na Mega-Sena, os apostadores farão as cem coisas possíveis antes de morrer.
d) A procura das pessoas pelo enriquecimento rápido obtêm bons recursos financeiros para o país.
e) Se obterem recursos, certamente as pessoas farão mais de cem coisas antes de morrer.
a) ERRADA. O verbo deve concordar com “recursos” (plural). Obtém (singular) Obtêm (plural).
b) ERRADA. O sujeito “o pessoal” é um substantivo coletivo, o qual exige conjugação do verbo no singular. O pessoal é uma palavra singular, embora indique um grupo.
c) CERTA. O referente de “obtenham” é “os apostadores”, por isso o verbo deve ficar no plural.
d) ERRADA. O sujeito do verbo “obtêm” é “A procura das pessoas pelo enriquecimento rápido”. Sendo assim, o verbo deve concordar com o núcleo do sujeito: a procura. A procura das pessoas pelo enriquecimento rápido obtém bons recursos financeiros para o país. Ver explicação da letra a.
e) ERRADA. Erro grosseiro. O pretérito imperfeito do subjuntivo do verbo “obter” é “obtiverem”.
 7 - ( Prova: CESGRANRIO - 2014 - Banco do Brasil - Escriturário  )
Os períodos “Hoje é dia de mais um sorteio da Mega-Sena. O prêmio está acumulado em cinquenta milhões de reais.” (l 24-26) foram reescritos, com adaptações, para transformá-los em um único período. Aquele que mantém o sentido original e está adequado à norma-padrão é:
a) Embora o prêmio esteja acumulado em cinquenta milhões de reais, hoje é dia de mais um sorteio da Mega-Sena.
b) Hoje é dia de mais um sorteio da Mega-Sena porque o prêmio está acumulado em cinquenta milhões de reais.
c) Desde que o prêmio da Mega-Sena está acumulado em cinquenta milhões de reais, hoje é dia do sorteio.
d) Hoje é dia em que o prêmio da Mega-Sena, acumulado em cinquenta milhões de reais, vai ser sorteado.
e) Hoje é dia de mais um sorteio da Mega-Sena já que o prêmio está acumulado em cinquenta milhões de reais.
As ideias dos dois períodos são de soma. Portanto:
a) ERRADA. “Embora” é uma conjunção concessiva, que dá idéia de concessão.
b) ERRADA. “Porque” dá uma justificativa.
c) ERRADA. “Desde” dá idéia de tempo.
d) CERTA. “Acumulado em cinqüenta milhões de reais” foi usado aqui como aposto (explicação sobre o prêmio). A frase também poderia ser reescrita da seguinte forma:        “Hoje é dia de mais um sorteio da Mega-Sena e o prêmio está acumulado em cinquenta milhões de reais”.
e) ERRADA. “Já que” dá idéia de causa e, o prêmio estar acumulado não é causa do sorteio acontecer hoje.
 8 - ( Prova: CESGRANRIO - 2014 - Banco do Brasil - Escriturário  )
Nos trechos abaixo, a expressão destacada pode ser substituída pela que vem ao lado, sem alteração do sentido e de acordo com a norma-padrão em:
a) “Hoje é dia de mais um sorteio da Mega-Sena.” (l 24) – demais
b) “pois, das cem, eu fiz onze até agora. Falta muito ainda.” (l 14-15) – muitas
c) “livros listando as cem coisas” (l 1) – listados
d) “serei obrigada mesmo a cumprir todas essas metas antes?” (l 8-9) – obrigado
e) “assistindo a um DVD promocional que também mostra” (l 11-12) – o qual
a) ERRADA. De mais = preposição + advérbio, contrário de “de menos”; demais=advérbio.
b) ERRADA. Muito = Advérbio de intensidade, contrários de “pouco”; Para ficar correto o uso de “muitas”, deveríamos também alterar o verbo: Faltam muitas ainda.
c)ERRADA. Listando = verbo no gerúndio; listados= adjetivo.
d) ERRADA. O termo “obrigada” está se referendo à autora, Martha Medeiros, a qual escreveu o texto em 1ª pessoa. Conforme a concordância nominal correta, homens devem dizer “obrigado” e mulheres devem dizer “obrigada”.
e) CERTA. O “que” pode ser substituído por “o qual”, já que se refere ao antecedente imediato: DVD promocional.
 9 - ( Prova: CESGRANRIO - 2014 - Banco do Brasil - Escriturário  )
A seguinte frase está redigida com adequada grafia de palavras, correta acentuação e pontuação de acordo com a norma-padrão:
a) A raiz, geralmente subterrânea, não abdica de compostos nitrogenados e outras substâncias orgânicas.
b) As raízes geralmente subterrâneas, não abidicam de compostos nitrogenados e outras substâncias orgânicas.
c) As raízes, crescem abaixo da superficie da terra, mas não abidicam de compostos nitrogenados e outras substâncias orgânicas.
d) A raíz é o membro das árvores que cresce abaixo da terra, mas não abdica de compostos nitrogenados e outras substâncias orgânicas. 
e) A raíz é o membro das árvores que, apesar de crescer abaixo da terra não abdica de compostos nitrogenados e outras substâncias orgânicas
a) CERTA. O período “geralmente subterrâneas” deve vir entre vírgulas pois é uma característica inerente às raízes.
b) ERRADA. 1º) Não podemos separar com vírgula o sujeito e o predicado.2º) A forma correta é “abdicam”.
c) ERRADA. 1º) Não podemos separar com vírgula o sujeito e o predicado.2º) A forma correta é “abdicam”; 3º) A palavra “superfície” deve ser acentuada.
d) A palavra “raiz” não deve ser acentuada (hiatos seguidos de z).
e) A palavra “raiz” não deve ser acentuada (hiatos seguidos de z); “A raiz é o membro das árvores que, apesar de crescer abaixo da terra, não abdica de compostos nitrogenados e outras substâncias orgânicas. O período destacado é uma oração intercalada e, por isso, deve vir ENTRE VÍRGULAS. Oração intercalada é aquela que podemos mudá-la de lugar. Por exemplo: “Apesar de crescer abaixo da terra, a raiz é o membro das árvores que não abdica de compostos nitrogenados e outras substâncias orgânicas.
 10 - ( Prova: CESGRANRIO - 2014 - Banco do Brasil - Escriturário)
O conector que classifica-se diferentemente do que se destaca em “coisas que você deve fazer” (l 1-2) em:
  • a) “Eu, que não apostei na Mega-Sena” (l 36)
  • b) “coisas que a gente precisa porque precisa fazer” (l 13) 
  • c) “lugares que você deve conhecer” (l 2-3) 
  • d) “os cem pratos que você deve provar” (l 3-4) 
  • e) “terem a certeza absoluta de que você vai morrer” (l 5-6)
  


GABARITOS:

1 - C     2 - A     3 - B     4 - C     5 - A     6 - C     7 - D     8 - E     9 - A     10 - E    
Muitos acertos?            

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua dúvida ou sugestão.